3 segredos para realizar promoções inteligentes

26 de Novembro de 2021

A Black Friday está aí e no meio da agitação desta data, mais do que já se sabem os cuidados que o consumidor deve ter para não cair em falsas promoções. Porém, que precauções os comerciantes devem tomar para obter o melhor resultado possível ao fazer promoções?

Realizada nas sextas-feiras da quarta semana de novembro, a Black Friday marca o tom das compras de final de ano. Este é o momento em que o comportamento do consumidor vai de 8 a 80. Há aqueles clientes que formam longas filas, viram a noite na porta das lojas e brigam pelas últimas unidades. Do lado do comércio, a euforia que esta data gera não é menor. Diante de preços tão competitivos proporcionados no mercado, há varejistas que oferecem altos percentuais de descontos com o objetivo de se destacar entre seus concorrentes e alcançar um maior volume de vendas.

No meio da agitação desta data, mais do que já se sabem os cuidados que o consumidor deve ter para não cair em falsas promoções. Porém, que precauções os comerciantes devem tomar para obter o melhor resultado possível nesta data? O Aprix Journal, então, listou três segredos para definir uma ótima estratégia de preço na hora de oferecer descontos e obter um ótimo desempenho de vendas. Confira!

 

1. Assertividade nos cálculos

Antes de tudo, é preciso ter cautela na hora de definir as promoções. Ainda que preços baixos chamem a atenção do cliente, existe um limite em que o volume de vendas conseguirá compensar a redução na margem de lucro. Portanto, quanto maior for a assertividade posta no cálculo dos custos operacionais, da margem e da elasticidade de cada produto, mais clareza o vendedor terá na quantidade de desconto que pode oferecer. Dessa forma, consegue-se garantir que as promoções ofertadas serão benéficas ao negócio, em vez de trazer prejuízos. 

 

2. Compreensão do valor percebido

Outro segredo está relacionado ao valor percebido de cada produto. De acordo com uma estratégia de preço baseada no valor, a precificação deve levar em consideração a percepção do cliente sobre o valor de um produto ou serviço. A partir desta interpretação, entende-se que o que estiver sendo comercializado será para o cliente uma solução para algum problema. Ou seja, quanto maior for a compreensão pelo cliente dos benefícios que o produto ou serviço oferecem, maior será a sua disposição em pagar. A compreensão deste conceito é essencial na hora de definir as promoções que serão oferecidas durante a Black Friday. Dessa forma, consegue-se identificar quais produtos o consumidor estará disposto a pagar mais e quais são necessários aplicar descontos. 

 

3. Relação com a concorrência

 Estar atento à dinâmica da concorrência  configura um elemento importante para definir bons descontos. Está claro: este é o momento em que o consumidor está em busca dos preços mais baixos possíveis. Isso não significa, no entanto, que a solução seja praticar categoricamente um preço inferior ao da concorrência, arriscando as margens de lucro. Porém, significa que o preço praticado pelo concorrente representa uma das variáveis que deverão ser levadas em conta na hora de definir estratégias de desconto.

 


 

Quer ficar por dentro das novidades do Aprix Journal? Assine nossa newsletter semanal e receba as últimas reportagens e notícias sobre combustíveis, tecnologia e precificação diretamente em seu e-mail. Ou, se preferir, receba pelo WhatsApp. Basta enviar uma mensagem clicando neste link.

 


Compartilhe este material