Arbitragem: o que é e por que é importante acompanhar?

28 de Março de 2022

O cálculo da arbitragem indica a tendência do mercado e ajuda na tomada de decisão estratégica do revendedor. (Foto: Yiorgos Ntrahas/Pexels/Aprix Journal)

 

Nos últimos meses, vários acontecimentos têm pressionado a Petrobras a aumentar o preço dos combustíveis no Brasil. A guerra entre Rússia e Ucrânia, por exemplo, fez com que o preço do petróleo disparasse, e a gasolina brasileira ficou defasada em mais de R$ 1,50 com relação ao mercado externo. A diferença para o diesel, por sua vez, superou os R$ 2,00.

Há meses sem perspectivas de estabilização, o valor crescente dos combustíveis pode gerar insegurança para os revendedores e para o consumidor. Apoiar as decisões de preço em dados e preparar-se para a volatilidade do mercado, por exemplo, são algumas boas práticas para a precificação de combustíveis, mas existem estratégias para reduzir a incerteza e até mesmo prever variações nos preços. Para isso, é essencial acompanhar indicadores como o preço do barril de petróleo e a arbitragem.

 

Mas afinal, o que é arbitragem?

Antes é necessário entender a política de preços praticada pela Petrobras. A maior refinaria do Brasil busca se igualar ao mercado internacional desde 2016. Assim, os preços pelos quais são vendidos os combustíveis aos postos de gasolina são balizados pelo Preço de Paridade de Importação (PPI).

Esse cálculo leva em conta o custo da importação dos produtos (como transporte e taxas portuárias, por exemplo), as cotações dos produtos no mercado externo e, ainda, uma margem para possíveis riscos, como a volatilidade do câmbio e dos preços.

Por serem diretamente influenciados pelo mercado internacional, os valores da companhia estão constantemente atrasados, o que gera repasses frequentes. A arbitragem é um cálculo que serve para mostrar o quão defasados estão os preços praticados pela refinaria.

Portanto, a arbitragem não é um índice oficial. Ela pode ser calculada de diferentes maneiras, e terá valores que variam de acordo com as premissas feitas e os indicadores considerados — como o preço do petróleo, as cotações de moedas, os custos de frete, entre outros — para estimar o valor de importação dos produtos e compará-los com os nacionais.

a imagem mostra os valores dos combustíveis no visor de uma bomba de gasolina
Como o cálculo da arbitragem pode variar, é importante acompanhar outros indicadores do mercado em conjunto.

 

Por que é importante acompanhar a arbitragem?

De acordo com Diego Anicet, Head Comercial da Aprix, o aumento do preço da Petrobras é o início de uma cadeia, que atinge a distribuidora, os revendedores e os consumidores finais. “A partir do momento que tem aumento na Petrobras, em um ou dois dias, com certeza, vai chegar na ponta”. Por isso, ele recomenda acompanhar o preço que está sendo praticado pela refinaria no dia, o que permite prever quando os combustíveis terão variação e ajuda nas decisões na gestão do posto.

Para facilitar esta tarefa, o Painel de Arbitragem da Aprix é uma tecnologia gratuita desenvolvida para fornecer informações essenciais em um só lugar. Permite saber se o preço da gasolina e do diesel do mercado nacional está acima ou abaixo do mercado internacional, e, assim, identificar qual é a tendência nos preços da Petrobrás: de alta, de baixa ou neutra. Os valores são atualizados de 15 em 15 minutos, entre as 7h e as 18h. Além disso, o painel também mostra cotações atualizadas em tempo real, como o preço do barril de petróleo WTI e Brent e os valores do dólar e do euro.

 

A imagem mostra o Painel de Arbitragem da Aprix:à esquerda, há uma coluna com o logo da aprix e a aba

 

Dessa forma, o painel fornece um resumo das informações que indicam a tendência do mercado internacional, considerando a atual política de preços da Petrobras. “O ganho principal de quem revende ao acompanhar o painel é ter esse panorama do mercado, e ter um norte de quando vão ser as subidas e as descidas diante de um mercado tão turbulento como é o de combustíveis”, aponta Anicet.

 

Entenda a arbitragem da Aprix

De acordo com Augusto Micheletti, Product Owner da Aprix, os parâmetros do painel são ajustados semanalmente de acordo com os dados oficiais. “Usamos o PPI divulgado pela Petrobras como uma referência oficial, e ajustamos os nossos parâmetros usados no cálculo da arbitragem para ficarmos próximos deles. Assim, tentamos buscar uma tendência do mercado com um quantitativo o mais próximo possível do real”, explica.

Com as atualizações de 15 em 15 minutos, o painel absorve as mudanças do mercado internacional conforme elas ocorrem ao longo do dia. Mas Micheletti informa que esse não é o único diferencial da plataforma: “a grande vantagem do Painel de Arbitragem da Aprix é que trazemos uma interpretação desse número. Por meio do painel indicamos a tendência do preço dos combustíveis”. Essa informação, em conjunto com os outros dados fornecidos, tornam o Painel de Arbitragem da Aprix uma ferramenta de apoio à tomada de decisão estratégica do revendedor.

 

 

 

Quer ficar por dentro das novidades do Aprix Journal? Assine nossa newsletter quinzenal e receba as últimas reportagens e notícias sobre combustíveis, tecnologia e precificação diretamente em seu e-mail. 


Compartilhe este material