Aprix é destaque no programa Ebulição Startups do Instituto Caldeira

21 de Julho de 2022

O DEMODAY marcou o final da segunda turma do programa do Instituto Caldeira com apresentação de pitch a investidores; assista o pitch da Aprix

Foto: Divulgação/Instituto Caldeira

A Aprix recebeu o prêmio de destaque no programa Ebulição Startups, promovido pelo Instituto Caldeira de Inovação. A premiação aconteceu no Demoday, último dia do programa, após uma competição de pitchs apresentados pelas empresas participantes a investidores convidados. Esta edição, que começou em março deste ano, foi a segunda turma de startups do programa.

Débora Chagas, head de startups do Instituto Caldeira, afirma que houve uma evolução significativa nas empresas que receberam o selo Caldeira.

Guilherme Zuanazzi, CEO da Aprix, afirma que o programa gerou resultados tangíveis para a Aprix, como clientes, receita e conexões com outras empresas, mas também acelerou a maturidade empreendedora de todos os membros da equipe que participaram. “Isso não necessariamente se traduz em números no curto prazo, mas é essencial para se construir um grande negócio e para inovar”, declarou.

Para Zuanazzi, “o prêmio do destaque é um símbolo muito concreto para todo o time da Aprix e para todos os nossos parceiros de que aquilo que estamos construindo e o trabalho em que acreditamos gera impacto e tem um potencial muito grande, e de que e existe muito valor a ser capturado – e a ser gerado – através da tese e do sonho da Aprix”, declarou o CEO.

 

Membros da equipe da Aprix acompanharam a competição. Débora Chagas, do Instituto Caldeira, aparece ao lado de Guilherme Zuanazzi, CEO da Aprix. Foto: Divulgação/Instituto Caldeira

 

 O programa Ebulição Startups

O Ebulição Startups é um programa de aceleração de startups promovido pelo Instituto Caldeira de Inovação, em Porto Alegre, em parceria com o SEBRAE-RS. O Instituto Caldeira é uma entidade sem fins lucrativos que conecta pessoas e iniciativas, através de um hub de inovação formado por uma comunidade que busca competitividade e o fomento do ecossistema.

Débora Chagas, head de startups do Instituto Caldeira, ressalta que um dos objetivos do programa é contribuir para o cenário da inovação no Rio Grande do Sul. “Vimos uma evolução bem grande nas startups que participaram, tanto na questão de faturamento e investimentos – algumas empresas fecharam investimentos ou estão em vias de fechar, através das conexões –, quanto na questão de maturidade da das startups”, declara.

Ao longo de cinco meses, as empresas selecionadas para participar recebem mentorias individuais e coletivas, metodologias e ferramentas, com atenção individualizada para cada startup. O objetivo é o crescimento com menor risco possível, com foco na aceleração comercial dos negócios, conexão com grandes empresas e investidores e acesso ao ecossistema de inovação. O programa é voltado para startups inovadoras que estejam em estágio operacional e de crescimento, com atuação nos mais diversos setores e que estejam buscando o seu product-market fit.

 


 

Quer ficar por dentro das novidades do Aprix Journal? Assine nossa newsletter quinzenal e receba as últimas reportagens e notícias sobre tecnologia, precificação e indústria diretamente em seu e-mail. 

 

 

Assista ao pitch da Aprix


Compartilhe este material